Poesia em tempo de coronavírus

Figuras raras tidas como poetas munem-se de arpões para fisgar as esperanças O lamento é unanime e inenarrável Vai-se à […]

Covid-19

Todos os países e novas manhãs de luta e luto A velha e culta Europa que se alivia no tempo […]

Insensatez

Definharás, pobre insensato em líquido torpe e viscoso no rio assoreado e lodoso que jorrou sombrio e escravo do ladrão […]

Filhotes da papoula

Milhares de corpos perfeitos E mentes brilhantes Passeiam como diamantes Enriquecem o mundo dos eleitos. Suas fontes biológicas são farpas […]