Não sou

Não sou bom nem mau

amoroso ou odioso.

Vivo.

Estudo.

Proponho.

Reajo.

Falo brando.

Grito, se o ruim grita primeiro e merece.

Talvez morresse fuzilado

numa bela aurora

soldados sonolentos

não sei

se quieto, chorando,

gritando ou rindo.

Não gosto de rúcula

ou chuchu.

Às vezes adoro-os.

Mas você não gosta!

Gosto do mundo

que muda

assim eu mudo

e não morro de ócio.

* Amadeu Garrido de Paula, poeta e ensaista literário, é advogado, atuando há mais de 40 anos em defesa de causas relacionadas à Justiça do Trabalho e ao Direito Constitucional, Empresarial e Sindical. Fundador do Escritório Garrido de Paula Advocacia e autor dos livros: “Universo Invisível” e “Poesia & Prosa sob a Tempestade”. Ambos à venda na Livraria Cultura.

ASSESSORIA

DE LEON COMUNICAÇÕES

Bruna Lyra Raicoski

0 comentários em “Não sou”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *