O réquiem

Outrora quisera compreender o sentido

do esforço de Bach, o Filho,

ao compor a mais esmerada sonata,

Réquiem, o último esboço e verso da elegia

ecoada pelas naves da nobre catedral,

sob bênçãos, unções e o espargir de incensos,

se o destinatário nada mais ouvia.

Imaginei que era dos vivos a felicidade

como a de todos que doam o último real

por terem sobrevivido ao corpo da viagem.

Enquanto ainda teria um novo dia

nenhum compromisso agitava o novo morto

portanto mais nenhum embalo lhe era caro.

Ele sentia nos quintais das nuvens

o colorido troco das moedas que dera aos amigos.

Todos, afinal, sentiam a lhaneza da solenidade

da oferta da música que talvez escancarasse

os portões brancos do jardim do Paraíso.

A lentidão do ritmo alegrava todos os atores

que Shakespeare escalava

para aquela última e honorífica cena.

O som melodioso era o da paz e do manto

dos templos góticos que os monges ergueram

nas escarpas esbranquiçadas da velha montanha

que todos os dias admirávamos

quando pegávamos pelas ruelas de nossa aldeia.

Muitos o consideravam inútil

Porém, hoje, quando um sutil infra organismo,

que hospedamos com uma partícula de beijo,

toma sem perceber a sopa de nosso jantar,

comem nosso pão e sugam nosso sangue,

e a ninguém é dado testemunhar o ocaso,

restando somente o caixão de pregas de ferro

jogado às terras destinadas aos já combalidos

sem nenhum assistente, salvo os coveiros,

ouvi as notas e vislumbrei as cores plúrimas dos Réquiens.

* Amadeu Garrido de Paula, poeta e ensaista literário, é advogado, atuando há mais de 40 anos em defesa de causas relacionadas à Justiça do Trabalho e ao Direito Constitucional, Empresarial e Sindical. Fundador do Escritório Garrido de Paula Advocacia e autor dos livros: “Universo Invisível” e “Poesia & Prosa sob a Tempestade”. Ambos à venda na Livraria Cultura.

ASSESSORIA

DE LEON COMUNICAÇÕES

Bruna Lyra Raicoski

0 comentários em “O réquiem”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *